Zumba

Zumba é um programa de fitness inspirado principalmente pela dança latina criado na Colômbia pelo coreógrafo Beto Pérez, na década de 1990.

O programa foi implementado em mais de 150 países.

O zumba mescla movimentos de danças latinas como o samba, salsa, merengue, mambo e reggaeton, ou mesmo outros estilos como hip hop e dança do ventre com exercícios próprios do treino cardiovascular e, por este motivo, é muito utilizado em academias, promovendo o condicionamento físico de um modo geral.

}

Horários

segterquaquisexsábdom
18:30
19:00

Segunda – Feira

Zumba das 19:30 às 20:30

Quarta – Feira

Zumba das 19:30 às 20:30

10 benefícios da Zumba para o seu corpo

Abaixo você confere uma lista com 10 razões para praticar aulas de Zumba:

1. Gasto calórico: De acordo com Caroline Pascarelli, professora de Zumba da Contours, academia exclusiva para mulheres, o grande atrativo dessa modalidade é que você pode perder de 600 a 1.000 calorias em 1 hora de aula. E isso tudo “sem perceber”!

2. Aumento do metabolismo. Ainda de acordo com a professora de Zumba, a aula mistura dança com ginástica, alternando movimentos aeróbicos e localizados e, como consequência, aumenta o metabolismo e o gasto calórico.

3. Eliminação de toxinas. A atividade auxilia ainda na função de eliminar toxinas e retenção de líquidos do organismo, conforme destaca Caroline.

4. Recrutamento de vários músculos. A aula trabalha todos os músculos do corpo. “No entanto, os músculos inferiores são os mais recrutados (quadríceps, glúteo, posterior de coxa e panturrilha). Há ainda, um recrutamento da musculatura do core, que envolve músculos da região abdominal, glúteo e costas”, explica a professora.

5. Benefícios para o coração. A aula de Zumba traz benefícios para o coração. “A atividade provoca uma melhora no sistema cardiovascular por meio do aumento das batidas do coração e devido ao maior volume de sangue que o coração leva para o corpo, principalmente para os músculos”, diz Caroline.

6. Astral positivo. As músicas das aulas são 70% de ritmos latinos. Esses ritmos são extremamente contagiantes, por isso, melhoram o astral e aliviam o estresse.

7. Facilidade. Outro ponto interessante é que não há uma exigência na excelência dos movimentos, ou seja, não é preciso ser “expert” em danças, a aula é fácil e todos se divertem, enquanto se exercitam.

8. Interação. A Zumba é uma modalidade individual, com coreografias orientadas pelos professores, porém, durante as aulas, é possível trabalhar criando círculos, colunas, linhas e dividindo a sala em duas partes, um grupo de frente ao outro, por exemplo, para que ocorra uma maior interação entre os alunos. “Essa alteração de formato da aula gera um clima maior de amizade entre os participantes”, diz Caroline.

9. Queima calórica significativa. Ainda de acordo com a professora, a queima calórica da Zumba pode ser comparada com outras atividades, como Muay Thai, Corrida, Spinning, Body Attack.

10. Diversão e exercício. A Zumba Fitness é divertida, diferente, fácil e efetiva. “A proposta é inserir todas as pessoas na prática da atividade física, melhorando o sistema cardiovascular, fortalecendo musculatura, gastando muitas calorias, melhorando o equilíbrio, concentração, aliviando o estresse e, principalmente, transformando a aula numa verdadeira festa”, destaca Caroline Pascarelli. Para alcançar bons resultados

O número de aulas de Zumba a ser realizado na semana é ilimitado, ou seja, a aluna pode fazer todos os dias, se assim desejar. “Se a pessoa for realizar somente a Zumba, recomendamos uma frequência mínima de três vezes na semana”, explica a professora Caroline.

Contraindicações Agora você já conhece ótimos motivos para praticar a Zumba, mas é normal que surja a dúvida: existem contraindicações ou qualquer pessoa pode praticar a atividade? Caroline Pascarelli explica que não há contraindicações para a prática de Zumba.

“Somente em casos em que o aluno é iniciante e já possui alguma patologia, por exemplo, não poder realizar impacto, os professores deverão adaptar algumas coreografias que possuem saltos. Outro caso é o das gestantes, no qual recomendamos que elas usem um frequencímetro o tempo todo na aula”, destaca.

Fonte: Dicas de Mulher​​​​​​​

Pin It on Pinterest